Um espaço para reinventar Portugal como nação de todo o Mundo, que estabeleça pontes, mediações e diálogos entre todos os povos, culturas e civilizações e promova os valores mais universalistas, conforme o símbolo da Esfera Armilar. Há que visar o melhor possível para todos, uma cultura da paz, da compreensão e da fraternidade à escala planetária, orientada não só para o bem da espécie humana, mas também para a preservação da natureza e o bem-estar de todas as formas de vida sencientes.

"Nós, Portugal, o poder ser"

- Fernando Pessoa, Mensagem.

Do homem honesto e do homem vulgar

"O homem honesto considera o bem universal e não a vantagem particular, enquanto que o homem vulgar não vê senão a vantagem particular e não o bem universal"

- Confúcio, Analectos, II, 14.

4 comentários:

Laura disse...

Não sei quem foi que disse que o político pensa nas próximas eleições, o homem de estado pensa nas próximas gerações.

Paulo Borges disse...

Ainda há homens de estado?

Laura disse...

E até quando iremos precisar de um Estado?

Paulo Borges disse...

O ideal seria podermos dispensá-lo o mais e o mais rapidamente possível, mas torna-se difícil no estado actual das consciências e dos comportamentos... A alternativa é ir criando formas de vida social mais independentes do Estado. Eis um dos temas para o grupo da Política.

Enviar um comentário

Do homem honesto e do homem vulgar

"O homem honesto considera o bem universal e não a vantagem particular, enquanto que o homem vulgar não vê senão a vantagem particular e não o bem universal"

- Confúcio, Analectos, II, 14.

4 comentários:

Laura disse...

Não sei quem foi que disse que o político pensa nas próximas eleições, o homem de estado pensa nas próximas gerações.

Paulo Borges disse...

Ainda há homens de estado?

Laura disse...

E até quando iremos precisar de um Estado?

Paulo Borges disse...

O ideal seria podermos dispensá-lo o mais e o mais rapidamente possível, mas torna-se difícil no estado actual das consciências e dos comportamentos... A alternativa é ir criando formas de vida social mais independentes do Estado. Eis um dos temas para o grupo da Política.

Enviar um comentário