Um espaço para reinventar Portugal como nação de todo o Mundo, que estabeleça pontes, mediações e diálogos entre todos os povos, culturas e civilizações e promova os valores mais universalistas, conforme o símbolo da Esfera Armilar. Há que visar o melhor possível para todos, uma cultura da paz, da compreensão e da fraternidade à escala planetária, orientada não só para o bem da espécie humana, mas também para a preservação da natureza e o bem-estar de todas as formas de vida sencientes.

"Nós, Portugal, o poder ser"

- Fernando Pessoa, Mensagem.

Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa

A partir de hoje o Outro conta com a inestimável colaboração científica na área da Saúde e Bem-Estar da Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa. Na selecção dos artigos a Escola e o Outro darão prioridade aos problemas de saúde que afectam a maioria das pessoas, as chamadas doenças do século. Mas se algum dos nossos leitores tiver interesse sobre a abordagem deste tipo de medicina em relação a alguma condição em particular, pode falar connosco no blog ou no Facebook e faremos todos os possíveis por abordar esse tema.

O Outro visitou a escola, com sede na Rua D. Estefânia, 173-175, em Lisboa, e ficou encantado(a).  As recentes instalações da Escola situam-se num antigo palacete de 1900 com um lindíssimo jardim cheio de árvores centenárias, que já foi Museu dos CTT, Cinemateca e Casa dos Dias da Água.  O soalho  é de tábua corrida e as paredes têm painéis de madeira maciça talhada, tectos altos e a casa tem uma vida, um calor e aroma próprios. Simplesmente apetece ficar. Estava a chover torrencialmente lá fora mas, assim que entrámos, sentimos calor e a água que caía, visível ainda das janelas, parecia fazer parte do ambiente, como um dos cinco elementos básicos da natureza, quase como a fonte de toda aquela madeira, que produz o fogo, que produz a terra, que produz o metal... A água parecia efectivamente abraçar a casa, casa essa que estava cheia de pessoas genuínas, de sorrisos, de conversas, de energia. 

Contar com a colaboração dos directores e professores da ESMTC para divulgar alternativas no campo da Saúde aos leitores do Outro é motivo de uma enorme e profunda satisfação.

O Outro aposta na medicina integrada. Não há várias medicinas. Há uma única medicina. Existem é formas diferentes de curar.

2 comentários:

Wicca disse...

Além de diferentes formas de curar, existe uma forma de ambas as Medicinas se complementarem pois onde uma ajuda a prevenir e a diagnosticar, encontrando a doença que está verdadeiramente por trás dos sintomas, a outra tem, felizmente para certos casos, uma intervenção mais agressiva e rápida, eliminando os sintomas!!!

A medicina convencional trata doenças e a medicina alternativa trata as pessoas!!!

Laura disse...

Sim, é isso que se chama Medicina Integrada e é nisso que o Outro aposta fortemente.

Enviar um comentário

Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa

A partir de hoje o Outro conta com a inestimável colaboração científica na área da Saúde e Bem-Estar da Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa. Na selecção dos artigos a Escola e o Outro darão prioridade aos problemas de saúde que afectam a maioria das pessoas, as chamadas doenças do século. Mas se algum dos nossos leitores tiver interesse sobre a abordagem deste tipo de medicina em relação a alguma condição em particular, pode falar connosco no blog ou no Facebook e faremos todos os possíveis por abordar esse tema.

O Outro visitou a escola, com sede na Rua D. Estefânia, 173-175, em Lisboa, e ficou encantado(a).  As recentes instalações da Escola situam-se num antigo palacete de 1900 com um lindíssimo jardim cheio de árvores centenárias, que já foi Museu dos CTT, Cinemateca e Casa dos Dias da Água.  O soalho  é de tábua corrida e as paredes têm painéis de madeira maciça talhada, tectos altos e a casa tem uma vida, um calor e aroma próprios. Simplesmente apetece ficar. Estava a chover torrencialmente lá fora mas, assim que entrámos, sentimos calor e a água que caía, visível ainda das janelas, parecia fazer parte do ambiente, como um dos cinco elementos básicos da natureza, quase como a fonte de toda aquela madeira, que produz o fogo, que produz a terra, que produz o metal... A água parecia efectivamente abraçar a casa, casa essa que estava cheia de pessoas genuínas, de sorrisos, de conversas, de energia. 

Contar com a colaboração dos directores e professores da ESMTC para divulgar alternativas no campo da Saúde aos leitores do Outro é motivo de uma enorme e profunda satisfação.

O Outro aposta na medicina integrada. Não há várias medicinas. Há uma única medicina. Existem é formas diferentes de curar.

2 comentários:

Wicca disse...

Além de diferentes formas de curar, existe uma forma de ambas as Medicinas se complementarem pois onde uma ajuda a prevenir e a diagnosticar, encontrando a doença que está verdadeiramente por trás dos sintomas, a outra tem, felizmente para certos casos, uma intervenção mais agressiva e rápida, eliminando os sintomas!!!

A medicina convencional trata doenças e a medicina alternativa trata as pessoas!!!

Laura disse...

Sim, é isso que se chama Medicina Integrada e é nisso que o Outro aposta fortemente.

Enviar um comentário