Um espaço para reinventar Portugal como nação de todo o Mundo, que estabeleça pontes, mediações e diálogos entre todos os povos, culturas e civilizações e promova os valores mais universalistas, conforme o símbolo da Esfera Armilar. Há que visar o melhor possível para todos, uma cultura da paz, da compreensão e da fraternidade à escala planetária, orientada não só para o bem da espécie humana, mas também para a preservação da natureza e o bem-estar de todas as formas de vida sencientes.

"Nós, Portugal, o poder ser"

- Fernando Pessoa, Mensagem.

Vejam antes que retirem do YouTube

6 comentários:

Laura disse...

Diz-se na net que ela é louca, mas disseram o mesmo de Daniel Estulin (http://www.semanario.pt/noticia.php?ID=2573) e, se ele é louco, porquê tantos problemas com a edição do livro dele? Por acaso, conmprei-o no Círculo de Leitores, mas dizem aqui que o livro foi retirado? Pelo menos ainda está à venda na net. Na altura, quando li o livro de Estulin, houve coisas que não quis acreditar, mas com o que tem acontecido ultimamente no mundo, já estou disposta a acreditar em tudo.

Cléo disse...

eu já tinha visto este filme e, inicialmente, fiquei bastabte impressionada... no entanto, recentemente, recebi informação paralela qu dizia que esta senhora nunca foi ministra da saúde de país nenhum.... não sei se esta informação corresponde ou não à verdade...
.... o que eu acho é que neste filme pesa muito a teoria da conspiração... e nisso eu já não acredito tanto. Quando falamos de interesses economicos por atrás da comercialização de vacinas e medicamentos, da politica do medo instaurado na população para correr atrás de vacinas e da grande coicidencia que tudo isto teve com a crise economica mundial instalada, tudo faz muito sentido para mim. Existe, nesse caso, "alguÉm" a lucrar com este comercio.... mas matar seres humanos a troco de nada, exterminar a espécie humana.... não sei, já não me parece tão real!Não percebo o quê se pode ganhar com isso...
Tenho receio que este filme, por ser tão "extraordinário" tenha a finalidade justamente de desprestigiar outras fontes de informação mais objectivas na análise económica da questão Gripe A.

Laura disse...

É verdade, nunca foi ministra de nada. E foi precisamente nessa parte do extermínio de 2/3 da população que não acreditei quando li o livro de Estulin, há 3 anos atrás. Mas de lá para cá, fiquei mais atenta. E o que é mais chocante, é que já ouvi pessoas "comuns" (colegas de locais onde trabalhei, em discussões acesas de hora de almoço) a defender essa teoria friamente. E o motivo é apenas um: a sobrevivência. Para alguns, o "excesso de população" é uma ameaça à sobrevivência. Por isso é que digo: louca ou não, ela, louco ou não, o Estulin (esteve preso durante anos na Rússia), já não sei.

David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Enviar um comentário

Vejam antes que retirem do YouTube

6 comentários:

Laura disse...

Diz-se na net que ela é louca, mas disseram o mesmo de Daniel Estulin (http://www.semanario.pt/noticia.php?ID=2573) e, se ele é louco, porquê tantos problemas com a edição do livro dele? Por acaso, conmprei-o no Círculo de Leitores, mas dizem aqui que o livro foi retirado? Pelo menos ainda está à venda na net. Na altura, quando li o livro de Estulin, houve coisas que não quis acreditar, mas com o que tem acontecido ultimamente no mundo, já estou disposta a acreditar em tudo.

Cléo disse...

eu já tinha visto este filme e, inicialmente, fiquei bastabte impressionada... no entanto, recentemente, recebi informação paralela qu dizia que esta senhora nunca foi ministra da saúde de país nenhum.... não sei se esta informação corresponde ou não à verdade...
.... o que eu acho é que neste filme pesa muito a teoria da conspiração... e nisso eu já não acredito tanto. Quando falamos de interesses economicos por atrás da comercialização de vacinas e medicamentos, da politica do medo instaurado na população para correr atrás de vacinas e da grande coicidencia que tudo isto teve com a crise economica mundial instalada, tudo faz muito sentido para mim. Existe, nesse caso, "alguÉm" a lucrar com este comercio.... mas matar seres humanos a troco de nada, exterminar a espécie humana.... não sei, já não me parece tão real!Não percebo o quê se pode ganhar com isso...
Tenho receio que este filme, por ser tão "extraordinário" tenha a finalidade justamente de desprestigiar outras fontes de informação mais objectivas na análise económica da questão Gripe A.

Laura disse...

É verdade, nunca foi ministra de nada. E foi precisamente nessa parte do extermínio de 2/3 da população que não acreditei quando li o livro de Estulin, há 3 anos atrás. Mas de lá para cá, fiquei mais atenta. E o que é mais chocante, é que já ouvi pessoas "comuns" (colegas de locais onde trabalhei, em discussões acesas de hora de almoço) a defender essa teoria friamente. E o motivo é apenas um: a sobrevivência. Para alguns, o "excesso de população" é uma ameaça à sobrevivência. Por isso é que digo: louca ou não, ela, louco ou não, o Estulin (esteve preso durante anos na Rússia), já não sei.

David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Enviar um comentário